sexta-feira, 24 de outubro de 2008

Cabral inaugura UPA e critica Gabeira

O DIA - O governo do estado inaugurou ontem a 20ª Unidade de Pronto Atendimento (UPA), no Engenho Novo. O evento só foi possível porque o governo conseguiu, ontem, uma liminar que suspendeu a decisão do Tribunal Regional Eleitoral de quarta-feira, que havia proibido cerimônias de abertura de UPAs até o fim do segundo turno. Desde o início do período eleitoral, foram inauguradas 13 unidades — cinco delas já no segundo turno. O governador Sérgio Cabral festejou a inauguração e não economizou críticas ao candidato à Prefeitura do Rio Fernando Gabeira (PV), a quem acusou de tentar impedir a instalação da unidade.
“Lamento que um candidato a prefeito ache que a melhor maneira de obter o resultado eleitoral é impedindo a população de ter um atendimento de qualidade. Misturar isso com campanha eleitoral é lamentável. Nosso adversário se equivocou profundamente em tentar evitar que essa UPA fosse aberta”, afirmou Cabral. “Acho isso um equívoco e deslealdade. Quem determinou a suspensão da inauguração foi o TRE, sem nenhum interferência minha. Se ele (Cabral) fosse uma pessoa leal, ele diria ‘foi o TRE’”, rebateu Gabeira . A ação que impedia as inaugurações foi impetrada pelo Ministério Público Eleitoral.

Quem sou eu

Minha foto
Luciano Bonitão é formado em Comunicação pela PUC-RJ (turma do Henry Sobel) e só não terminou o mestrado porque a ponta do lápis quebrou. Declarações de amor, pedidos de emprego e contatos para shows: blogdobonitao@gmail.com